Materiais Informativos sobre a COVID-19

Recomendações da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras em tempos de
Coronavírus ( COVID-19)

A Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras-SOBEP conclama os enfermeiros pediatras e neonatologistas para juntos contribuírem na diminuição da disseminação do novo Coronavírus, que causa a COVID-19, responsável por imensos prejuízos a toda a comunidade.

Frente a essa conjuntura, tem havido a veiculação de inúmeras recomendações e informações divulgadas pelos órgãos de saúde, instituições de ensino superior e veículos de comunicação para proteção contra a COVID-19, que chegam a todo instante, e que podem se sobrepor e acabar sobrecarregando os profissionais.  Assim, a SOBEP preocupada com as informações que são disponibilizadas na mídia ao público infantojuvenil, assim como aos pais e profissionais de saúde, resolveu compilar uma série de materiais de qualidade técnica e científica elaborados sobre o tema, para compartilhar com seus associados.

Os materiais foram organizados em três grupos, considerando o público-alvo das informações neles contidas – crianças e adolescentes, familiares, profissionais de saúde – e poderão ser acessados por meio dos links disponibilizados no final deste documento.

Frente a relevância do tema e da situação que nossa sociedade vive nesse momento de pandemia causada pela COVID-19, a SOBEP destaca ainda algumas recomendações aos enfermeiros pediatras e neonatologistas e aqueles que atuam nessas áreas:

Convívio da família com a criança: com a indicação de isolamento social, as crianças e os adolescentes estão impossibilitados de frequentar a escola e demais atividades, permanecendo em casa na companhia de pais e/ou um adulto responsável. Nesse sentido, a SOBEP reforça as profissionais de saúde que ajudem as famílias a se manterem unidas, troquem afetos, fortaleçam as interações entre os entes familiares e indiquem o emprego de atividades lúdicas, fazendo uso de brincadeiras para ajudar no enfrentamento desse momento. Ademais, a SOBEP orienta os profissionais a ajudarem as famílias a protegerem as criança e adolescentes de excesso de informações sobre a pandemia, poupando-as de sofrimento psicoemocional. Deve-se investir em rodas de conversas, jogos em família estimulando a união entre seus membros.

Limpeza dos brinquedos e do ambiente: a SOBEP destaca a importância de reforçar as orientações referentes a limpeza do ambiente doméstico e dos brinquedos frequentemente, visto que a COVID-19 permanece nas superfícies por dias. Os produtos indicados e o modo para realização da limpeza do ambiente e dos brinquedos estão disponibilizados nos materiais informativos divulgados pela SOBEP abaixo.

Cuidados com prevenção de acidentes:  a SOBEP destaca os riscos de acidentes domésticos com as crianças, considerando sua permanência em tempo integral dentro de casa. Recomenda aos enfermeiros que alertem os pais para a prevenção desses acidentes, de acordo com a faixa etária (link para folder sobre prevenção de acidentes domésticos.pdf).  Em tempos de COVID-19, a SOBEP chama atenção ao uso domiciliar do álcool gel a 70%, cuja concentração é altamente inflamável. Dessa maneira recomenda-se manter o recipiente fora do alcance das crianças e utilizado por elas somente com supervisão de um adulto. Ainda assim, após seu uso, não deixar a criança próxima de objetos que possam emitir faíscas, para evitar a combustão e consequentemente queimaduras.

Imunização: vacinação da criança em dia é fator protetor, em especial em épocas de transmissão de vírus, principalmente os respiratórios. A SOBEP alerta os profissionais para reforçarem a importância de as famílias manterem a carteira de vacinação das crianças em dia, e que fiquem atentas ao período de campanha de vacinação contra a gripe (Influenza) nas crianças.

Aleitamento materno:  considerando os benefícios da amamentação para a criança e a mãe e a ausência de evidências científicas sobre a transmissão da COVID-19 por meio da amamentação, o Ministério da Saúde recomenda que a amamentação seja mantida em caso de infecção pela COVID-19, desde que a mãe deseje amamentar e esteja em condições clínicas adequadas para fazê-lo e cumpra as medidas de prevenção (lavar as mãos antes de tocar seu bebê e usar uma máscara facial enquanto amamenta). Caso a mãe faça ordenha do leite materno para oferecer ao filho, deve lavar as mãos antes de tocar em qualquer parte da bomba ou copo coletor e seguir as recomendações para uma limpeza adequada dos equipamentos após utilizá-los, mantendo o uso da máscara facial.

Doação de leite materno: às mulheres que amamentam e doam leite materno, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação de Saúde da Criança e Aleitamento Materno, recomenda que aquelas que apresentem sintomas gripais, ou que convivem com casos suspeitos, compatíveis com COVID-19, não façam doações durante o período de manifestação dos sintomas e de quarentena recomendados.

Na sequência apresenta-se o compilado dos materiais informativos disponíveis para que possa subsidiar as ações dos profissionais no melhor cuidado à criança e sua família.

A diretoria

Materiais para Crianças

Materiais para Família

Materiais para Profissionais

Itarget Tecnologia